Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

29
Mai 08

Desculpem ser maçadora com este assunto , mas o abuso já é demais!!!

 
É inacreditável! Como é possível que o povo ainda não se tenha revoltado, a sério, com esta situação?
Os COMBUSTIVEIS, voltaram a aumentar!
 
 
As taxas de juro sobem para valores inaceitáveis fazendo aumentar o crédito mal parado, pondo em risco a habitação de muitos. As penas agravam-se em valores não proporcionais à gravidade de cada situação. O preço do pão aumentou significativamente há coisa de 2 meses e os restantes alimentos sofrerão aumentos idênticos nos próximos dias.
 
Amigas, a situação é para continuar assim? Vamos deixar os anormais engravatados “lá de cima” continuar a EXPLORAR o povo, deixando-o na desgraça?
O preço dos Combustíveis, que voltou a aumentar de forma galopante, limitando-se agora o litro de gasóleo em 1.426 euros, sendo que está calculado, no cume do Verão atingir o limiar de 1.70 euros? Conseguimos viver assim?
 Somos o país que mais penalizado da Europa, o que vive com mais dificuldades, e ao mesmo tempo o que mais impostos paga.
Já devem ter reparado que quando vamos à bomba de gasolina abastecer, não estamos na realidade a comprar combustível mas sim a pagar um imposto, levado de presente umas gotas de gasóleo, que não chegam para todos os dias da semana. Isto explica-se do seguinte modo: Quando abastecemos, mais de 60% do que pagamos é imposto (ISP- Imposto Sobre os Combustíveis) e o resto é um presente para ficarmos caladas.
Cada vez que os anormais engravatados, decidem aumentar os combustíveis é dado ao aumento do preço do barril, mas então porque raios não descem o preço quando o custo de importação diminui? Tomei conhecimento que em 2 meses houveram 14 aumentos e 0 reduções no preço com estas variações da matéria-prima.
 Melhor, andamos a comprar barris a 100 dólares quando há empresas árabes que os vendem a 10. A dificuldade é que dado o monopólio, estes pequenos produtores não tem força para entrar e afirmarem-se no mercado. Porquê?
Talvez por causa dos interesses dos americanos que se sentem tristes com a desvalorização do dólar, ou porque a OPEP funciona mal, que só pensa em carros topo de gama e revestidos a "brilhantes" e Resorts em todo o mundo.
Sinceramente amigas, vale ou não começar a protestar a isto? Mas com coragem...
 
 
 Passem a palavra
publicado por guguinha às 23:17
sinto-me: Roubada...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
30


blogs SAPO