Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

08
Abr 08

Eu não sei vais ouvir-me
Estás ai ou não
Eu não sei se compreendes esta oração
Se eu p'ra ti sou uma estranha
Que o coração perdeu
É ao ver-te que eu pergunto
Se já foste como eu

Longe do mundo perto de ti
Peço conforto a quem eu fugi
Perdida esqueçida
Eu moro aqui
Longe do mundo mas perto de ti

Peço conforto e nada mais
Na voz dos que sofrem
Peço em sinais
Vêm de longe e chegam por fim
Quem vai ouvi-los? Quem sofre assim?
Eu não sei se vais lembrar
De um coração tão só
Coração tão vagabundo
Que perde, Chora todos os dias

Longe do mundo mas perto de ti
Peço conforto a quem eu fugi
Venho de longe e chego por fim
Quem vai ouvir-me chamar assim?
Vida esqueçida aqui ao orar
Longe do mundo mas perto de ti


Adoro esta letra... É lindíssima.

 

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

Fernando Pessoa

publicado por guguinha às 19:47
música: Longe do mundo
sinto-me: É assim que estou

Olá, deixei um miminho para ti no meu blog, passa por lá. Bjokinhas!
LEA a 11 de Abril de 2008 às 01:40

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

19

26

27


blogs SAPO