Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

02
Fev 09

 

Tenho um grave problema em casa.
O meu filho do meio, que neste momento tem 11 anos, no ano passado foi dos melhores alunos da turma, inclusive foi para o quadro de excelência.
Mas o meu filho não é delinquente, ao contrário é um miúdo que é contra a violência e é até bastante dócil.
E eu não podia deixar de expressar um comentário aos acontecimentos relativos à educação em Portugal.
Realmente nos dias que correm dar aulas é cada vez mais uma grande aventura.... Ou então é como fazer um grande safari, onde de vez em quando encontramos uns "animais" ferozes, outros muito difíceis de domar, enfim, uma autêntica selva....
Já quando eu andava no secundário aquilo era uma selva, imagino então agora....
Cada vez mais os miúdos são constantemente postos à prova pelos colegas, e têm atitudes que muitas vezes não são das suas características, mas porque os "amigos" estão a ver, então agem de forma impulsiva; sim, porque todos os miúdos querem integração na sala de aula, aqueles que não se integram são gozados, são expostos ao ridículo... Todos os que tenham comportamentos diferentes são "martirizados"!!
Nos dias de hoje mesmo com as tecnologias novas, que os alunos têm á disposição, as crianças e adolescentes, desmotivam-se da mesma escola por vários motivos.
Os horários são extenuantes, as aulas são "uma seca", enfim quem tem filhos sabe bem o que estou a falar.
Eu esforço-me por lhe ensinar valores morais correctos, por lhe incutir responsabilidade e educação; mas não posso controlar todos os seus movimentos! O meu filho é criado num ambiente saudável, ou seja, tem amor, tem carinho, tem educação, tem compreensão, diálogo; enfim nós esforço-nos ao máximo... Mas não sei se, ele num momento de raiva, ou mesmo de loucura, se esquece de todas as boas práticas que lhe vamos ensinando, e tem um momento reprovável…e sim, é condenável, sim!
 
Mas, ok não significa que não tenha tido educação, em casa...
 
É obvio que os professores não vão para as aulas para serem insultados, mas lembrem-se que, são pré-adolescentes em conflito com eles próprios( são crianças, são semi-adultos, nada são...). Para isso tiveram pedagogia e outras cadeiras no seu curso. Há muitas formas de se levar a água ao moinho...
Acho que em certos casos, como o meu filho devia ser acompanhado noutros níveis de ensino, em que o aluno fosse mais motivado, e não tivesse tantos momentos parados.
Mas o que fazer a um miúdo que tem uma inteligência superior á maioria dos alunos, e que não se adapta ao tipo de aula padronizada?
Um miúdo que tem vários 4ºs e 5ºs a Português e Matemática não é um miúdo qualquer, pois não? Um miúdo que facilmente adquire os conhecimentos, será por esse motivo malcriado, por querer saber mais? Por se aborrecer por ouvir sempre a mesma coisa? Por ter por vezes comentários inapropriados a situação (sem ser malcriado?!)
Porquê estigmatizar um miúdo pelo facto de ter 1,74cm e ter apenas 11 anos?Porque carga de aula tem de ficar sempre nos últimos lugares da sala?
Quero aqui dizer que isto foi um desabafo meu,
Acho que ter um blog facilita falar sobre certos assuntos, pois descarrega-mos o que vai na nossa mente que anda a fazer "ferver" os meus neurónios.
publicado por guguinha às 15:20
sinto-me: Fula

ola eu estou numa situaçao muito parecida , e so agora e que descobri, pois o meu filho é muito sociavel e muito bom aluno so por isso nao imaginava que fosse posto de parte por nao fazer o que os outros fazem ou seja sempre que tenta nos chamamos o a razao e ele nao nos explicou nada mas nos sabiamos que ele fazia ou tentava fazer igual aos outros para se sentir igual mas nunca imaginavamos que ele fosse podto de lado . mas hoje eu andava a ver os hi5 e foi ai que reparei e falei com ele e estou de rastos pois o meu tem a educaçao e o carinho que os outros deviam ter e fico triste de ele se sentir a parte por meninos que desculpem o termo maioria seram futuros delinquentes(se ja nao o forem )ele este ano vai para o 8ºano sem nunca chumbar
e sempre sem negativas e ja estou com receio pois vai ficar com a mesma turma claro tirando os que ficaram para tras .estamos num pais completamente ao contrario
RUTE SILVA a 26 de Agosto de 2009 às 14:18

Olá, sabes o meu filho não tem problemas de sociabilidade. Tem de facto muitos amigos. O que acontece, é que não sabe mesmo "ouvir e calar". Se achar que deve falar fala, sem olhar se é o professor, pai, mãe ou avós.
Este ano optamos por transferi-lo de escola. Vamos ver se as coisas correm melhor. Com os colegas de turma . já são poucos, os que ficam na mesma turma. Há que apoia-los e encentiva-los a conviver, praticando desportos colectivos, ou o escutismo. Fazem muitos amigos e apreendem a ser solidários. Beijinhos Guguinha
guguinha a 27 de Agosto de 2009 às 15:22

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
Fevereiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

16
18
19
20

22
24
26
28


blogs SAPO