Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

18
Ago 08

 

As francesinhas nasceram no Porto, “criadas” na década de sessenta por um emigrante regressado de França.
Ele decidiu dar um toque especial a uma receita tipicamente francesa, chamada "croque-monsieur". Esta especialidade típica é um snack muito apreciado nos restaurantes e cafés franceses.
Este brilhante homem teve a feliz ideia de adaptar este prato aos nossos ingredientes  à nossa cultura, adicionando ao nosso paladar a magia de um molho que é a alma da receita.
Modificou um “simples” "croque-monsieur" em algo com mais alma, a transbordar de vida e de substância. Algo que qualquer português ou portuense nunca teria imaginado ser possível comer até à altura.
Depois do caldo verde, das tripas, da broa e do bacalhau à Gomes de Sá, eis então que nasce a única receita gastronómica original portuense do século XX. A Francesinha.
Este “grandioso” prato é hoje em dia uma das mais apreciadas iguarias da cidade.
A francesinha é logo um prato do povo, para o povo comer, e presentemente com  várias de receitas, mas sempre com o mesmo espírito, de modo a satisfazer todos os diferentes gostos das nossas gentes.Assim sendo aqui vai a minha receita.
 
Ingredientes (para 2 francesinhas):
(estas quantidades são simplesmente ilucidativas)

4 fatias de Pão de forma (eu uso sem côdea)
2 Bifanas de porco/ 2 bifes tenrinhos
2 salsichas de frescas
2 linguiças
10 fatias de queijo
2 fatias de fiambre
2 ovos

Molho Francesinha:
1 cebola grande grosseiramente picada
3 a 4 dentes de alho
1 cerveja
1 cálice de vinho do porto
1 calice de Wiskie
2 folhas de louro
salsa
3 tiras de bacon
½ chouriço de carne
2 tomates médios maduros aos cubos
1 pacote dos pequenos de polpa de tomate
1 colher de sopa de azeite
piri piri a gosto

Preparação:

Inicia-se por fazer o molho: junta-se todos os ingredientes e leva-se a lume brando até reduzir para metade e ficar um molho espesso, o que demora cerca de 30 minutos! No fim passa-se com a varinha mágica.
Entretanto tempera-se as bifanas / bifes a gosto. Grelha-se as bifanas/ bifes a linguiça e as salsichas. Num tabuleiro que possa ir ao forno coloca-se 1 fatia de pão de forma, a bifana grelhada, sobre esta a salsicha, a fatia de fiambre e a linguiça cortada como a salsicha e uma fatia de queijo. Tapa-se com a outra fatia de pão de forma e coloque sobre esta 2/3 fatias de queijo. Nesta parte pode-se colocar os ingredientes que cada um mais gostar.Pode-se ainda colocar um ovo estrelado em cima da francesinha, quando for a servir. (Ponho para os miúdos e papá)
Depois de feitas as francesinhas, leva-se ao forno previamente aquecido para derreter o queijo.
Serve-se de imediato!
Pode-se deitar o molho antes de ir ao forno, eu normalmente ponho á parte e cada um põem a quantidade que desejar.
Eu  acompanho sempre com umas batatas fritas e uma salada!

Bom Apetite!

E desculpem o atraso!

publicado por guguinha às 17:15
sinto-me: Esfomeada
tags:

Pindelo a aldeia dos pais do C pertence á Vila de Nespereira, que é algures no Concelho de Cinfães, no Norte do Portugal profundo. Para lá chegar, há curvas e contra-curvas e mais curvas, uma estrada de m… mas, uma vez lá, o divertimento para os meus filhotes é garantido. Estes miúdos tem uma energia para corridas de bicicleta, passeios pelas leiras (sim, que lá não há planícies sem fim, há sim montes e montes sem fim), banhos de piscina e mangueira, com água geladíssima, é incrível... Nós não passámos de uns "choquinhos", mas divertimo-nos à grande só de os ver a fazer tantas aventuras. Registos de um fim-de-semana chuvoso e frio qb:
1.      Sexta feira á noite, fomos todos a procissão das velas (quer dizer nunca tinha ido a nenhuma!), saímos de perto de casa da minha sogra, da Igreja de Stº Íricio e sempre monte abaixo , com a vela na mão , o sr. Padre sempre a resmiungar de não estar uma procissão bonita, o Guga sempre a cantar os parabéns e a soprar a vela, o Jomi a brincar com a vela mais o primo, a ver quem fazia mais estalactites e estalagmites com  cera, um frio de rachar ( e nós com roupa de Verão, e a necessitar de Kispos!!!). Valeu o C ter deixado o carro mais próximo da Igreja de Stª Marinha, onde terminava a procissão, pois o Guga a meio do caminho estava cheio de frio “ mãe tenho muiiiito fio!”, coitadinho.Lá fiquei com ele no carro embrulhadinho na mantinha,enquanto os outros seguiram viagem.
2.      Sábado. Acordamos ao som de CHUVA. Sim, chovia torrencialmente. Nem deu para tomar um cafezito ,só mesmo no final da manhã o tempo lá virou e ainda bem, pois de outra forma a festa estaria arruinada, e coitado do meu sogro que era juiz da festa. Á noite lá fomos nós a festa ( festa pequenina, não como a Romaria de Viana). A única coisa que o Guga gostou foi daspipocas e de ver o fogo de artifício, mas dentro do popó, pois cá fora tinha medo.
3.      Domingo. Nem a missa campal fomos. Tudo de rastos. A missa é muito cedo, 11 horas,a noite mal dormida, Guga no meio (não levei a cama de viagem, erro crasso!). Depois amigas, é só comer, ver Tv, ainda vi alguns filmes que levei (“Juno”, achei giro, “Diário de uma nanny”, por demais interessante, aconselho vivamente e ainda o “Horton”). Saída de Nespereira, muito tarde com destino Porto, morta de sono, cansaço e o Guga a chatear toda a viagem, só adormeceu quase no Porto , agarrado a minha mão e eu com o braço todo torcido ,os outros dois a dormir desde a partida de Pindelo ( o cansaço finalmente venceu…).
 
 
 
 
 
 Bem e hoje, trabalho...
Ok !Alguém tem de manter este serviço a funcionar….
E, eu mesma ,hoje pela manhã,tarde...
publicado por guguinha às 13:46
sinto-me: Inicio de semana

A familia completa

My Family from WiddlyTinks.com
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
Agosto 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
14
15
16

17
20
21
23

24
25
26
30

31


Onde estou
Awareness Ribbons Customized - ImageChef.com
blogs SAPO