Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

15
Mai 08

 

A nossa VIDA é única.

 

 

E procurar o equilíbrio entre “vida pessoal” e “vida profissional” é uma tarefa difícil e que exige muito  esforço e disciplina. Mas cabe a cada um de nós considerar, e escolher, até onde vale a pena beneficiar uma em detrimento da outra.

E perguntam voces ,porque estou eu a divagar sobre isto?

Bem é que ontem ,mais um colega meu, ainda jovem, de profissão "tombou" para o lado trabalhando. Foi para a sala de emergência, foi reanimado e assim ficou ,ligado a uma maquina,para o manter vivo. A situação não está muito famosa. E eu penso, tanta correria, tanto trabalhar para ganhar mais um pouco, tanto stress ,para quê?

Infelizmente não existem respostas rápidas.

Como cada ser é único,e cabe a cada um verificar quais são os seus limites e até onde ponderar os aspectos pessoais e profissionais. Mas deviamos pensar:

Se eu morrer amanhã, a empresa também morrerá?

Não, ninguém é insubstituível. Então, não queiramos ser os super-heróis. A nossa  saúde física e mental merece a nossa  atenção.

E assim termino com este poema que para mim define o meu conceito viver:

 

 

 

"Há momentos na vida em que sentimos tanto a falta de alguém que o que mais queremos é tirar essa pessoa de nossos sonhos e abraçá-la.
Sonha com aquilo que tu quiseres. Vai para onde queres ir.
Sê o que quiseres ser, porque possuis apenas uma vida e nela só tens uma oportunidade de fazer aquilo que queres.
Tem a felicidade necessária para fazê-la doce,
Dificuldades para fazê-la forte,
Tristeza para fazê-la humana,
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das ocasiões que aparecem no caminho.
A felicidade aparece para aqueles que choram,
Para aqueles que agridem,
Para aqueles que procuram e arriscam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas que passam pelas suas vidas.
O futuro mais cintilante é assente num passado intensamente vivido.
Só se terá sucesso na vida quando se perdoa os erros e as desilusões do passado.
A vida é curta, mas os sentimentos que podemos deixar duram uma eternidade.
A vida não é de brincar, porque em pleno dia se morre."
 
                                                                                                              
                                                                                                                                         Clarice Lispector

 

publicado por guguinha às 18:38
sinto-me: Pensativa sobre Vida

Olá Guguinha

Desculpa não te ter dito nada nem 5ª nem 6ª... estivemos com auditorias.
Sabes, ainda estou a limpar as lágrimas que desataram a correr quando comecei a ler o teu post.
Tu sabes o porquê e sabes que realmente me revi na pele do teu colega, o qual eu espero que recupere a saúde o mais rapidamente possível, seja ele qual fôr o motivo que o fez... parar.

O stress... por mais que uma pessoa desespere, por mais stressada que fique por não ter "tempo" para fazer tudo o que precisa, por mais que se enerve pelas injustiças a que é sujeita, ao desânimo por falta de reconhecimento do seu trabalho, à tristeza que é sentir a impotência de ajudar alguém... por tudo isso e seja lá que mais fôr... no momento em que toma consciência que se vai morrer valoriza-se acima de tudo o respirar (literalmente) nem que seja só por mais um minuto... e o resto, todas as nossas aflições deixam de ser importantes.

Abraço em ti
Beijinho grande
Café com Natas a 17 de Maio de 2008 às 15:00

E igualmente, me desculpo. O meu colega está de compensação de horas desde 4ª feira, por esse motivo fiquei sozinha. Não deu tempo para nada.
Ao ler o teu comentário, fiquei muito comovida. É verdade o qe dizes, só quando sentimos na pele é que damos valor as coisas. Por esse motivo, é que desde que trabalhei no hospital de dia de Quimioterapia, passei a dar mais valor a todas as peqenas coisas da vida, e a viver cada dia como se fosse o último, nunca se sabe a hora , o minuto seguinte. Mas não falemos de coisas tristes, é domingo estamos em familia, estamos Vivos e estou Feliz por ter amigos como vocês, beijinhos, Guguinha
guguinha a 18 de Maio de 2008 às 13:20

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
Maio 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

11
14
16
17

19
21
22
23

26
30


blogs SAPO