Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

12
Fev 09

(imagem retirada da net)

Saudade do tempo em que a vida era tão imediata, que a saudade quase não existia.
Saudade de não saber planear, nem pensar no futuro, de quando um ano era imensos 365 dias. Estrada quase sem fim!
Saudade da irresponsabilidade e das dores passageiras; das vontades pequenas e por isso imediatas.
Saudade de não ver amigos queridos sofrendo. Saudade de quando a perda mais grave era do meu cão , ou  de um peixinho.
Saudade de não entender a tristeza, de não ter medo, de não conhecer a dor, saudade de não precisar sentir saudade...
 
Existe uma tranquilidade em amadurecer. Maturidade vem anexa a uma calma assustadora. Um ano é pouco tempo. Uma semana quase não existe. Olhar um rosto adolescente angustiado traz um sorriso tranquilo que diz: " tadinha, já passa...essa dor imensa que sentes neste momento ,amanhã  praticamente nem existe."
Amadurecer traz a mãe de todas as paciências. A gente aprende a esperar as mudanças, a esperar pelo tempo, a esperar que os filhos cresçam, a esperar que alguém entenda, a esperar, a esperar, esperar...
E nenhuma destas esperas é dolorosa, bem as vezes é. O tempo se torna amigo e as mudanças de estação existem para distrair os olhos, não para contar os meses.
Vem a Primavera com as flores, vem o Inverno com céu cinzento e a lareira acesa, vem o Outono todo amarelo e a cheirar a castanhas, vem o Verão com o seu calor, praia os dias compridos e coloridos...
Amadurecer traz coisas lindas e coisas chatas…
 
publicado por guguinha às 10:35
sinto-me: Nostálgica

08
Jun 08

 

Leio tanto sobre SAUDADE, em textos, em poesias, em versos!
Dos amores que se foram, dos amigos que partiram, dos parentes que não voltarão jamais!
De todos os sentimentos, a SAUDADE é que mais dói.
A SAUDADE pode ser apenas passageira, mas pode se tornar permanente, está sempre aí, metida no coração, magoando, despedaçando, igual ao espinho que encontrou um lugar e fez dele a sua morada.
Porque a SAUDADE é enigmática e não real? Sendo enigmática não temos Hipótese de tocá-la, arrancá-la, mas se real fosse, facilmente poderíamos segurar, tocar e atira-la para longe, ao vento, ao mar, para um lugar onde jamais pudesse voltar!
Que dizer da SAUDADE e  da certeza de nunca mais ver a mãe, o pai? Dos amigos que estão longe, dos colegas de trabalho que passaram, dos amores que acabaram?
O gosto que existe, é de fazer do tema um poema, é exprimir no papel esse sentimento, mas principalmente o de fazer uma mão-cheia de novos amigos!
E a alegria do estar próximo, do rir, do divertir, do brincar, do rezar, fará a vida bem mais FELIZ!!
Boa semana para todas!!!
publicado por guguinha às 15:35
sinto-me: Saudosa
tags:

A familia completa

My Family from WiddlyTinks.com
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds
mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
30


Onde estou
Awareness Ribbons Customized - ImageChef.com
Quem me visita e visitou
online
eXTReMe Tracker
blogs SAPO