Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

06
Mai 09

 

 

"A idade não nos protege do amor. Mas o amor, até certo ponto, nos protege da idade."       Jeanne Moreau
 

 

Eu amo-te pelas coisas únicas que me dizes e me fazes. Eu amo-te quando me fazes  surpresas... hum é tão bom...

Eu amo-te quando me roubas um beijo mesmo quando eu digo não quero. Eu amo-te quando te tornas completamente desagradável por causa do sono.
Eu amo-te quando tens paciência para as minhas atitudes de menina mimada. Eu amo-te quando te irritas comigo,por ficar no Pc até mais tarde. Eu amo-te quando me dizes que estou linda Eu amo-te quando me atrapalhas à frente dos míudos
Eu amo-te quando ficas indeciso com o que hás-de vestir, e vens perguntar o que deves vestir. Eu amo-te quando me agarras possessivamente em sítios públicos. Eu amo-te quando fazemos viagens longínquas até chegarmos a um local sem lojas e nenhuma aberta.
Eu amo-te quando tentas esconder os teus ciúmes. Eu amo-te quando me tentas fazer rir.
Eu amo-te quando elogias o meu corpo. Eu amo-te quando escreves com uma caneta de tinta permanente, aquelas frases em papeizinhos e os colocas em sítios “estratégicos”.
Eu amo-te quando me acordas aos bocadinhos. Eu amo-te quando te digo que não és capaz, e tu olhas para mim com aquele ar reprovador.
Eu amo-te quando discordamos de assuntos musicais.
Eu amo-te quando me imploras para parar de chorar enquanto me dás beijinhos na minha cara toda molhada.
Eu amo-te quando nos deitamos juntos, com o Guga no meio, a Sofi a falar,falar e o Jomi enrolado a nós...
Não dá para escrever não dá para falar, nem tu vais nunca entender. Por isso mais vale estar ao pé de ti em silêncio e abraçar-te assim junto a mim e dedicar-te esta música, que tão bons momentos me faz recordar…até chegarmos aos "infinitos mil anos" e continuar a dizer Eu Amo-te quando …
publicado por guguinha às 19:46
sinto-me: Feliz pelo meu querido

29
Abr 09

 

Deixei-o na porta do IPO ontem, eram perto das 21 h, entrou de serviço no turno da noite…
 
Ás 22.45:
Bip.Bip.
 
ele: já te disse que te amo hoje?
eu: que me amas hoje? E ontem não amavas?
ele: ontem não... só hoje.

(hás-de ter muitos amigos, assim!)
 
(Imagem tirada da net)
publicado por guguinha às 18:29
sinto-me: Continua a supreender-me
tags: ,

A familia completa

My Family from WiddlyTinks.com
subscrever feeds
mais sobre mim
Setembro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
28
30


Onde estou
Awareness Ribbons Customized - ImageChef.com
Quem me visita e visitou
online
eXTReMe Tracker
blogs SAPO