Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

04
Abr 08

Pois é migas, hoje falei com uma vizinha do prédio,que nunca havia trocado uma única palavra(achava-os esquisitoídes!). desde que vieram para cá ,que sempre se presenciou a algumas cenas tristes. A primeira que eu vi ,e fiquei p'ra minha vida(achava que só nos filmes!!!), foi numa noite de S. João, tinhamos ido ao parque, que fica em frente a minha casa lançar balões,com os miúdos , tinha festa em cas ,era  S. João, e eu estava na varanda a ver os balões,e o fogo . Quando vejo o carro do vizinho chegar (é fácil identificar é amarelo),ele vira para garagem ,volta a meter marcha atras e começa a descer a rua ,a porta do lado direito abre e espanto meu, com carro em andamento a senhora salta fora do carro. Rebola, levanta-se e anda em sentido contrario do carro. Fiquei estupidamente a olhar. Cenas tristes repetiam-se várias vezes. Bem com a nossa conivência,pois deviamos participar do caso. O tempo foi passando,e a cada passo ouvia-se a filha a chorar desesperadamente e o homem aos gritos, ouvia-se coisas voando. Um dia a minha vizinha do 3º decidiu chamar a policia,após uma destas cenas. Eu estava em casa de atestado por ter perdido o meu anjinho, tocou-me a campainha,eu nesse dia estava meia "grogue",e pelo que ouvira parecera-me mais birra da miúda. Mas lá veio a policia, tomou  conta da ocorrencia,e lá se foram. Pelos vistos foi lá chamado e...não gostou. Agora passado 3 anos veio dizer ao C. que  a senhora dele mais a vizinha de cima tinham feito queixa deles de maus tratos, o C. disse-lhe que não tinha sido eu, e que este tipo de situações são para ser denunciadas, caso contrario somos coniventes com o crime.

Hoje foi a vez da dita esposa falar. Disse-lhe tambem que não tinha sido eu, se tivesse sido dizia-lhe sem problema nenhum, a mulher sempre a dizer o mesmo. Acabou por dizer que se ouvia outras crianças a chorar no prédio ,claro que ouve ,nem é isso que está em causa, o facto é que com porrada ou não esta criança foi maltrtada psicológicamente  ap ver o pai dar arraias de porrada na mãe!

Cheguei a conclusão que não valia a pena perder tempo com mentecaptos como ela,disse-lhe o meu filho mais pequeno chora, por vezes grita,leva uma palmada quando achamos necessário, Fiquei completamente passada.Só para terminar,estes mentecaptos ainda tiveram outra menina mais velha 2 semanas que o Guga. E ainda bem que a M chamou a policia, nunca maisse ouviu aquela criança chorar desesperadamente....

publicado por guguinha às 23:09
sinto-me: Fula

Pois é amiga!
Isto há gente para tudo e quando damos conta estão mais perto de nós do que imaginamos.
Sabes que para eles deve ser normal andarem à chapada e darem sovas monumentais na filha. Os outros é que sao anormais, que se metem onde não devem.
Mas olha, não te chateies muito. Já viste que dali não levas nada. Eles estão convencidos que foste tu... há gente muito poucochinha!
Beijocas
Migas a 6 de Abril de 2008 às 22:45

Não eles acham que fui eu e a M.. Eu ainda lhe disse que se tivesse sido eu ,´~ao tinha qualquer problema em assumir, violência contra crianças e oméstica é crime publico. O engraçado ,é esta gentinha, vir com ameaças, disse-me que também ouve crianças gritando no prédio ,e que não são as delas. Só me esqueci de lhe dizer uma grande pequena coisa violência psicológica é crime, e uma criança assistir a um pai dar tareias de meia noite á mãe ,não deve ser fácil... Ignorantes. Fiquei revoltada. Obrigada,pelas tuasd palavras, Beijinhos, Guguinha
guguinha a 7 de Abril de 2008 às 10:52

A familia completa

My Family from WiddlyTinks.com
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

19

26

27


Onde estou
Awareness Ribbons Customized - ImageChef.com
Quem me visita e visitou
online
eXTReMe Tracker
blogs SAPO