Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

11
Mar 09

(imagem tirada da net)

...Em que o papel de mãe não é assim tão bonito. Em que preciso do meu espaço, do meu descanso. Em que os gritos deles me aborrecem, em que as birras parecem castradoras, em que o tempo parece demasiado extenso. Em que preciso de 30’ para ficar sozinha, a beber do meu próprio sossego, como se procurasse as energias que me permitem levar normalmente os dias com alguma agilidade.

 
Em comparação, há os outros dias. Em que preciso deles para alimentar precisamente as minhas energias. Em que nada faz sentido sem a sua presença, sem o calor dos seus corpos, sem os abraços excessivos, os gritos, as birras e os choros que por vezes me afligem.
 As segundas-feiras têm este resultado na minha pessoa. Depois de dois dias cheios de tudo, quando os largo na escola e o Guga fica em casa com a Carmo , e vou sozinha no popó para a lufa-lufa ,que fico cheia de nada.
publicado por guguinha às 23:20
sinto-me: sei lá como

Olá Amiga!!

..mas penso que acontece com toda a gente!
A úunica diferença é que Tu te apercebes-te, enquanto que a maioria das pessoas anda tão ocupada que nem tem a noção do que se passa dentro delas!!

..é claro que como mulher, mãe, esposa, e tudo o resto tens uma vida agitada, e há dias em que precisamos de um bocadinho só para Nós..
mas sei que os teus filhos , e marido, são o Teu apoio, o teu mundo..
e já pensaste a sorte que tens por ter assim uma família tão maravilhosa??

E o lufa lufa é por eles..em Breve regressas ao que amas, com um belo sorriso e com saudades dos gritos, das birras..e és feliz assim!!

No fundo é o Teu mundo a girar!!

Beijiocas e vou embora que isto parece um testamento!!!
Just Moments a 12 de Março de 2009 às 10:09

É amiga tens toda a razão. Mas até me sinto mal quando desejo estar sozinha ,sem barulho de fundo ,sem um "mãeeeee,onde estás? Chega aqui."Mas é a vida , e sinceramente quando estou sem eles sinto falta do ruido de fundo. Paradigama? Talvez mas é assim que me sentia. Um grande beijinho, Guguinha
guguinha a 12 de Março de 2009 às 19:23

Como eu te compreendo...
Beijocas
LEA a 13 de Março de 2009 às 00:13

A familia completa

My Family from WiddlyTinks.com
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

17
18

25
26
28

29
30


Onde estou
Awareness Ribbons Customized - ImageChef.com
Quem me visita e visitou
online
eXTReMe Tracker
blogs SAPO