Bem vindos ao meu blog! Aqui conto histórias adocicadas de mãe do Guga do Jomi e da Sofi Relato histórias de uma mãe babada/galinha como todas as outras, rendida a uma dedicação total aos 4, pois o pappy tambem conta!

27
Jan 09

(imagem retirada da net)

Pequenino, tão pequenino o vi na sexta…Apeteceu-me abraça-lo, dar-lhe colo, enchê-lo de mimos…Corro tanto, tenho tantas prioridades, esqueço, passo, sigo, retardo o carinho e a atenção, não lhe dou toda a atenção  que merece.
 
O meu pai!
 
63 Anos e já quase nada resta de dureza num homem que não me lembro de ver chorar. Chorou sexta, como um menino por ter de ficar internado…
 
“Não me digas nada - pediu-me - eu sei que é o que tem que ser…mas sinto tanto medo,.Não digas nada.”
 
Não quis crer no que estava a ver…As lágrimas fizeram brilhar os olhos cansados que eu nem me lembrava de serem tão genuínos…
 
Dei-me conta do quanto estão frágeis os meus pais, de quanto se sentem sós. Têm 2 filhos, 5 netos e penso que as vezes se sentem tão sós…
 
Apeteceu-me acolhe-lo, dar-lhe colo, enchê-lo de mimos…Apeteceu-me mas não o fiz, apenas lhe apertei ligeiramente o braço, abracei-o e dei-lhe um beijo sentido de carinho.
 
É tão fácil para mim abraçar uma amiga, os meus filhos, a minha mammy, alguém de quem goste, sou uma mulher de abraços…mas não sei abraçar o meu pai, não sei dizer-lhe amo-o, o pai é muito importante para mim…
Sei que sempre me apeteceu fazê-lo, o meu pai sempre foi o meu ídolo, a minha fortaleza, o meu porto.
Em pequenita a minha alegria era quando ele me lavava as mãos que se perdiam nas dele, escorregando no sabão e eu brincava, tentava tirar-lhas e ele agarrava-as, riamos os dois.
 Ainda hoje é o meu apoio, tanto que me esqueço que já não tem força para sê-lo e que provavelmente hoje precisava que eu salta-se fronteiras e o abraçasse e lhe dissesse o quanto o amo…
publicado por guguinha às 14:55
sinto-me: Triste
tags: , , ,

26
Jan 09

 

 

"O Amor é paciente, o amor é benigno, não é invejoso; o amor não se ufana, ensoberbece, não é inconveniente, não procura o seu interesse, não se irrita, não suspeita mal; não se alegra com a injustiça, mas rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta."
Nicholas Sparks.
 
(Estou mais sensível hoje, va. Mas achei bonito)
publicado por guguinha às 14:14
sinto-me: Nostalgica

A familia completa

My Family from WiddlyTinks.com
subscrever feeds
mais sobre mim
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

15
17

18
20
22
23
24

25
28
29
30
31


Onde estou
Awareness Ribbons Customized - ImageChef.com
Quem me visita e visitou
online
eXTReMe Tracker
blogs SAPO